Associação ARIA
 
´
Fóruns Sócio-Ocupacionais

O QUE SÃO? ler mais

São serviços de Reabilitação Psicossocial, com acordo de cooperação celebrado com o Centro Distrital da Segurança Social de Lisboa e Administração Regional de Saúde, regulados pelas normas constantes no Despacho conjunto 407/98.

Os Fóruns oferecem um conjunto de atividades diárias com o objetivo de promover a autonomia e a qualidade de vida dos seus clientes.

A QUEM SE DESTINAM? ler mais

Jovens e adultos com problemas de saúde mental.

De acordo com os objectivos e autonomia os Fóruns estão organizados da seguinte forma:

 

Grau de Autonomia

Idade

Objectivos

Fórum Socio Ocupacional (Cascais, Oeiras, Lisboa)

moderado

16 a 50 anos

Integração Socio - profissional

Fórum de Apoio social (Lisboa)

reduzido

18 a 65 anos

Integração Socio - Ocupacional

QUAIS OS OBJETIVOS? ler mais

Objectivos

ATIVIDADES/ÁREAS DA INTERVENÇÃO ler mais

Área Clinica/Terapêutica

Área Funcional

Área Relacional

Área Socio - Cultural

Área Ocupacional

-Remediação /estimulação Cognitiva
-Psicomotricidade
-Relaxação
-Terapia Ocupacional
-Adaptação ao meio Aquático

-Mobilidade na comunidade
-Atividades de vida Diária
-Actividades Educativas (Inglês, Português, Música)
-Inserção socio-profissional

-Treino de competências Sociais
- Desenvolvimento Pessoal

-Programa de verão
-Visitas culturais
-Celebração de épocas festivas

-Atelier de Artes
- Culinária
- Yoga
- Dança
- Educação Física
- Expressão dramática

QUE FSO’S EXISTEM NA ARIA? ler mais

Fórum Sócio-Ocupacional de Lisboa
Quinta do Cabrinha, Av. de Ceuta loja 9A/ 9B, 1300-906 Lisboa – VER MAPA
Tel:213 635 512
Tlm: 939 793 838
aria.fso.lisboa@gmail.com

Fórum Sócio-Ocupacional de Oeiras
Estrada de Oeiras n.º1 e 3, Vivenda Nini 2780 - 282 Oeiras – VER MAPA
Tel:214 419 658 /59
Tlm:939 793 829
aria.fso.oeiras@gmail.com

Fórum Sócio-Ocupacional de Cascais
Rua Trouville nº737,Monte Estoril, 2765-452 Estoril – VER MAPA
Tel:214 669 215
Tlm:939 793 830
aria.fso.cascais@gmail.com

Fórum de Apoio Social
Praça de Goa nº4, Bairro do Restelo, 1400-184 Lisboa – VER MAPA
Tel:212 443 316
Tlm:964 822 560
aria.fas@gmail.com

FAQ'S ler mais

1) Quanto tempo posso ficar no projeto?
Os Fóruns não têm limite de tempo de permanência. Trata-se de desenvolver um projeto de vida com a pessoa dependendo dos objetivos pessoais, motivação e envolvimento no projeto.

2) Qual o valor da Comparticipação Familiar/mensalidade e que serviços estão incluídos?
A Comparticipação familiar/Mensalidade dos Fóruns é calculada de acordo com o rendimento per capita e de acordo com os escalões de comparticipações definidos no regulamento interno (seguindo as orientações do instituto da Segurança Social). A Comparticipação familiar/Mensalidade permite a participação em todas as atividades do programa semanal do Fórum e acompanhamento técnico especializado. Esporadicamente, sempre que não for garantida a isenção de pagamento de visitas ou passeios, as despesas inerentes aos mesmos serão comparticipadas pelos clientes.

3) Se eu for menor de idade posso integrar o projeto?
Os menores a partir dos 16 anos podem ser avaliados para possível admissão nos fóruns, com exceção do FAS que apenas admite maiores de idade (18 anos).

4) Se não tiver médico psiquiatra posso integrar o projeto?
Não. Apenas são avaliados candidatos com acompanhamento médico psiquiátrico regular.

5) Se não tiver um diagnóstico saúde mental posso beneficiar dos vossos serviços?
Não. No entanto são considerados para avaliação candidatos com mais do que um diagnóstico (ex: doença mental e debilidade mental ligeira, doença mental e perturbações do comportamento, doença mental e síndrome de Asperger)
Como apresentar uma candidatura às Respostas Sociais da ARIA:

As candidaturas às respostas sociais da ARIA, devem ser feitas para o Gabinete de Serviço Social, da seguinte forma:
  • Ou por um técnico que faça o acompanhamento do candidato, através do envio da nossa Ficha de Encaminhamento;
  • Ou pelo próprio ou significativo (familiar, amigo, etc.), através de uma carta com o pedido de integração (dados pessoais e resposta social a que se candidata) e de um relatório actualizado do médico psiquiatra.